17.8.09

O acto de roer as unhas tem o nome ciêntifico de  onicofagia e é um fenómeno bastante comum entre as crianças em idade escolar. Segundo os autores, são os jovens com idades compreendidas entre os 11 e os 13 anos, que mais assumem este comportamento.

 

 

Os roedores de unhas são em geral, vivos, hiperactivos e por vezes autoritários. Têm alguma dificuldade em expressar os seus sentimentos e, por isso mesmo, vivem permanentemente num estado de grande ansiedade.

 

Como em todos os outros problemas de comportamento, é importante que se descubram os motivos e não só que se exterminem os sintomas. Assim, se o seu filho rói as unhas é porque algo lhe está a provocar uma instabilidade que ele não consegue manifestar de outra maneira.

 

Recorra a um psicólogo clínico e peça-lhe uma avaliação psicológica do seu filho. Só depois se poderão chegar a conclusões e, com base nestas, delinearem-se estratégias para resolução do problema.

link do postPor psicologiacriancaeadolescente, às 23:55  comentar

 
Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Psicologia da Criança e do Adolescente. Este consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: tp_marques@sapo.pt
blogs SAPO